Segunda, 25 Junho 2012 13:58

Aeroportos rendem R$ 24,5 bilhões ao Governo Featured

Written by 
Rate this item
(0 votes)

O governo federal realizou na manhã desta segunda-feira (6), na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o leilão dos aeroportos de Guarulhos (SP), Campinas (SP) e Brasília para arremate pela iniciativa privada. As ofertas vencedoras do leilão somaram R$ 24,5 bilhões, valor 347% maior que o mínimo esperado.

 

De acordo o portal de notícias G1, o aeroporto de Guarulhos foi arrematado pelo consórcio Invepar (composto pela Invepar Investimentos e Participações e Infraestrutura, com participação de 90%, e operadora Airport Company South Africa, com 10%), por R$ 16,213 bilhões, com ágio de 373,5% sobre o valor mínimo estabelecido pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Também estavam na disputa pelo aeroporto os consórcios liderados pela OHL e a espanhola Aena e a EcoRodovias com a alemã Fraport.

O consórcio Aeroportos Brasil venceu a concessão de Viracopos, em Campinas. Fazem parte do consórcio a Triunfo Participações e Investimentos, que ficou com 45%; a UTC Participações, que ficou outros 45% e a Egis Airport Operation, da França, que tem 10% de participação. O grupo arrematou o aeroporto por R$ 3,821 bilhões, com um ágio de 159,75%. Estavam na disputa por Campinas os consórcios liderados pela Triunfo, Invepar, OHL e Odebrecht.

O terminal de Brasília ficou com o consórcio Inframérica Aeroportos (50% da Infravix Participações e 50% da Corporation America, da Argentina), que pagou R$ 4,501. O valor arrematado é 673,89% maior do que o esperado pelo governo. O consórcio é o mesmo responsável pela administração do aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, leiloado em agosto de 2011.

Na primeira fase do leilão, foram feitas 22 propostas pelos três aeroportos. Onze consórcios apresentaram lances pelos terminais. Após a leitura das propostas, o leilão entrou na fase viva voz e então foram feitas as escolhas.

Segundo o G1, os consórcios deverão fazer a assinatura dos contratos em até 45 dias após a homologação do leilão. A partir da celebração do contrato, haverá um período de transição de seis meses (prorrogável por mais seis meses ), no qual a concessionária administrará o aeroporto em conjunto com a Infraero. Após esse período a concessionária assume a totalidade das operações do aeroporto. Os vencedores irão administrar os aeroportos durante o prazo de concessão, durante 20 anos para Guarulhos, 30 anos para Campinas, 25 anos para Brasília.

Read 1188726 times

542264 comments

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.